Abril de 2003 - Ano II - Número 6
Capa
Perfil: Vinte e cinco anos de fotojornalismo
De tirar o chapéu...em sinal de respeito
FotoRio2003
Mudança na ponta do lápis
Edições Anteriores
Notas

 

 
Matéria
  Mudança na ponta do lápis  
 

O uso das câmeras fotográficas digitais vem se tornando obrigatório para quem trabalha no dia-a-dia do grande mercado e para quem atua como frila. A palavra de ordem é rapidez... na informação, na revelação, na finalização e na entrega do trabalho. Tudo é pra agora! E nesse tempo quem manda são os equipamentos digitais. A exigência, no entanto, requer um bom investimento financeiro. Não basta só trocar de câmera, tem que ter um suporte tecnológico compatível com a compra. O micro caseiro vai precisar de uma boa incrementada para viabilizar o esquema. E o preço a ser cobrado pelo trabalho também, porque os custos e cuidados são grandes.
Essa equação tempo-qualidade-velocidade de transmissão está conectada a uma série de apetrechos ligados a um computador ou a um laptop, caso o profissional de imagem precise transmitir a imagem na hora. Para isso, só precisa de um telefone fixo ou celular (que permita o uso da internet), um cabo para a conexão e uma placa de modem. O preço do laptop varia entre R$ 4.000 e R$ 7.000 e a diária do aluguel de um computador portátil para o trabalho fica em torno de R$ 180, e 600 reais uma semana.
As configurações mínimas exigidas de um computador para que possa funcionar como o novo laboratório e mesa de edição de um profissional com câmera digital são bem flexíveis. Mas existe uma plataforma que permite trabalhar com conforto, agilidade: processador Pentium 3-700, placa de vídeo de 32 megas ou uma placa on board, de até 64 megas, um HD de 40 gigas, mais 512 de memória RAM. Se for um Macintosh, tem que ser pelo menos um 7.6.1, com o restante das especificações correspondentes às do PC . As imagens chegam ao computador através do cabo de transferência de dados, que já vem com a máquina, ou pode ser feito através de um drive, que precisa ser comprado à parte.
Soma-se a isso um bom software de tratamento de imagem (existem vários no mercado) e um gravador de CD, para o armazenamento das fotos em arquivos digitais, seleção de trabalhos, portfólio etc. Um bom lembrete é o CD ser de boa qualidade, para não haver risco de a imagem se corromper.
Se por um lado, a alegação dos clientes de que as despesas com filmes e revelação são altas ajudou a empurrar para o pódio as digitais, o preço dos cartões de imagem ainda não representam economia – futuramente, é dado como certo o barateamento dos memory card.
A possibilidade de reaproveitamento do cartão de memória, eliminando as fotos indesejáveis, não significa economia pura e simples assim como não basta ter um só. O preço varia, de acordo com o tamanho da capacidade de armazenamento. O ideal é ter no mínimo dois, de capacidades variadas. Bateria também é bom ter uma sobressalente.

Opções na prateleira digital
É claro que o que vai determinar a escolha da máquina digital é o poder aquisitivo do comprador. Mas é possível fazer um bom trabalho com câmeras semiprofissinais, com lentes intercambiáveis ou não. Os preços são muito mais em conta do que o das profissionais, e podem até servir de passagem, para quem está se capitalizando e tem tempo de pesquisar e treinar antes de investir pesado. O preço varia entre US$ 500 e 2 mil dólares, cinco vezes menos do que as vedetes do mercado.
Dois quesitos precisam ser observados ao se fazer a escolha: resistência do equipamento e o número de imagens por segundo, para segurar o tranco do trabalho jornalístico. O fiel da balança será o tipo de trabalho em que será utilizada. Observar com atenção a ficha técnica do desempenho de cada uma delas é garantia do investimento. No trabalho e manuseio da digital todo cuidado é pouco, porque o conserto é caro e não dá para fazer “gatilho” em mecanismo eletrônico.
Na escolha também pesam as lentes. A maioria das máquinas aceita as lentes das câmeras convencionais. Entre as profissionais, também há uma divisão. O lançamento de câmeras com CCD equivalente ao 35mm (das convencionais) jogou esses modelos para além do topo de linha, com preços em torno de US$ 8 mil, fora a taxa de importação. As demais profissionais ficam entre dois mil e quatro mil dólares, fora a taxa de importação.

Máquinas digitais profissionais
Canon
EOS 10D, 6.3 megapixels
preço: US$ 1.999
Primeira câmera digital SLR a usar um processador DIGIC Image, que melhora a performance do equipamento, assim como a conectividade direta com várias impressoras de fotos da Canon. Muito rápida, tem um sistema de área de largura de autofoco de 7 pontos, que aumenta a precisão da focagem. Em 3fps pode fazer até nove disparos. Seu ISO pode ser ajustado entre 100 e 3200. Tem balanço de branco manual e seleção de paleta de cores. Compatível com as lentes da série EF.

Canon
EOS-1D, 4.1 megapixels
preço: US$ 3.999
Graças a uma memória extra, a EOS-1D faz 21 quadros consecutivos (a 8 fps) com sua resolução máxima. Com CCD de 4,1 megapixels, também tem um cartão de memória de 1GByte.

Nikon
D1X, 5.47 megapixel
Preço: US$ 3,899.00
Evolução da série D1 desenvolvida desde 1999 pela Nikon, tem CCD de 5.47 megapixels CCD, faz 3.3 fps em até 9 consecutivas, que com up-date pode chegar a 21 fotos consecutivas.

EOS-1DS (11.1 megapixels)
preço: US$ 7.999
Usada para fazer fotos para revistas e até de estúdio, esta máquina tem um sensor CMOS que abrage a área de 24 x 36mm, as mesmas dimensões usadas por uma 35mm SLR. Com CCD de 11,1 megapixes, sua resolução máxima atinge 4,064 x 2,704 pixels, mais do dobro do padrão. Em 3 fps, faz dez disparos, com a maior resolução. Sua grande angular se comporta do mesmo modo que as tradicionais. Sua bateria é tão eficiente que suporta até 600 fotos sem recarga.

Kodak
DCS Pro 14
Preço: US$ 7.000 (segundo o fabricante)
Tecnologia digital em cima de um corpo da Nikon, possui um sensor CMOS com visor do mesmo formato de um filme de 35 mm e é a única do mercado a alcançar 13.9 megapixels sem alterar as características da objetiva. A resolução pode ser selecionada pelo usuário, que pode escolher entre 14MP, 6MP ou 3MP, e a transferência de imagens para o computador é até quatro vezes mais rápida do que as demais câmeras digitais (a taxa de transferência é de até 12MB por segundo). Entre os principais recursos oferecidos pela DCS14N, está a capacidade de bateria para 400 disparos.
Fujifilm
FinePix S2 Pro
Preço: US$ 2.199
Modelo profissional que conta com a Terceira Geração de Super CCD, produz imagens de 12 megapixels (4256 x 2848) – ou seja, tem-se uma resolução final superior aos modelos equivalentes ao 35mm e só disponível em back’s para câmaras de médio formato. CCD - 6,17 megapixels. Possui modo de imagem Raw (modo nativo do CCD); conexões Firewire (disparo remoto e download de imagens) e USB (somente download de imagens); sensibilidade selecionável de ISO 100 a 1600; e gravação de voz facilitando a identificação das fotos. Armazenagem - Cartões SmartMedia, CompactFlash Type II e Microdrive (até 1GB).

Nikon D1H
Preço: US$ 3.199,95
Máquina voltada para o dinamismo do jornalismo com disparo contínuo de cinco quadros por segundo, a mais rápidas das SLR disponíveis hoje no mercado, e mecanismos resistentes ao uso contínuo. Faz 40 imagens consecutivas, com arquivos de até 7,9 megabytes de memória. Com capacidades avançadas de reprodução de cor, balanço de branco e controle de exposição preciso, esse equipamento possui ainda a resistência necessária ao trabalho diário.

Nikon D-100
Preço: US$ 1.699,95
Sistema avançado de controle do branco, processamento de imagem sofisticado e CCD efetivo
de 6.1 megapixels, sistema de controle 3D. Faz 2 fps em até 5 consecutivas, tem sistema de “tracking” de foto, lock-on e autofoco para cinco áreas. Compatível com mais de 40 lentes AF Nikkor e com outros acessórios, incluindo o pacote multifuncional de bateria e o Nikon Capture 3 software, que juntos permitem controle remoto da câmera.
* Todos os modelos digitais Nikon SLR, são compatíveis com as lentes manuais ou Autofocus NIKKOR.


Máquinas semiprofissionais com lentes não-intercambiáveis
Leica
Digilux 1, 3.9 megapixels
Preço: US$ 895.00 (site Bhphoto)
Mantém o padrão Leica de qualidade. Seu CCD é de 3,9 megapixels e o cartão de memória tem 64 MB. O layout é parecido com o das tradicionais máquinas da marca. A imagem no visor não é reflex e sua lente tem três opções de zoom. A bateria dura até três horas.

Nikon COOLPIX 5700
Preço: US$ 1.099.95
Máquina compacta e leve, com CCD de 5 megapixels, visor LCD com ângulo variável e o novo EVF (Electronic ViewFinder), que ajuda a achar a melhor posição para fotografar.Tem Zoom digital 8x Optical/4x e faz fotos em MACRO de 3cm.

Fujifilm Fx S602 Zoom
Preço: US$699.95
Substitui a FinePix 6900 Zoom.
Utiliza o conceito Super CCD de 3ª
geração com resolução de 3.1 milhões de pixels, produzindo imagens de 6 megapixels (2832 x 2128), ainda com a objetiva Super EBC 35-210mm (resultando em zoom ótico de 6 vezes), opção de Autofoco e/ou foco Manual e também a Super Macro com aproximação de 1 cm do assunto a ser fotografado. Seleção de ISO varia até o ISO 1600, permitindo fotografar em ambientes onde não é possível o uso de flash. É a primeira câmara de sua categoria a utilizar três tipos de mídias diferentes (cartões SmartMedia, CompactFlash Type I e II e Microdrive de até 1 GB). Também possui a função de WebCam; captura de 30 quadros por segundo em modo VGA com som na função filmadora e a velocidade do disparador chega até cinco quadros por segundo.

Canon PowerShot S50
A PowerShot S50 tem um CCD de 5 megapixels, o que promete criar fotos com boa resolução, que possam ser ampliadas. Os filtros de cores primárias permitem explorar detalhes, com cores vibrantes em uma escala vasta de tonalidade. O sistema é integrado com uma complexa análise da cena chamada tecnologia ISAPS, que captura a imagem digital dentro do território da película, criando uma impressão natural. O Sensor Inteligente de Orientação gira as imagens corretamente para playback e faz também a orientação com sistemas automáticos de câmeras, para focos de confiança e balanço do branco. As lentes de zoom óptico de 3x ampliam em 12x utilizando o já poderoso zoom digital. Sistemas de área de 9 pontos de AiAF automaticamente selecionam o ponto de foco (ou múltiplos pontos) virtualmente em qualquer lugar do visor. Pré-ajustes do balanço branco com duas posições de ajustes, exposição e foco agrupado, foco bracketing e AF Lock, abertura e velocidade de disparo prioridade, AE Lock, +/- compensação exposição, controle da exposição totalmente manual e ajuste ISO- sensibilidade equivalente. Auto, Modo de flash On e Off combinado com auto redução de olhos vermelhos para flash. Opções de flash incluem sincronização lenta, para um look mais natural e sincronização da segunda cortina. No modo manual, o poder do flash manual pode ser ajustado a 3 níveis. Com a caixa opcional à prova d’água, é possível usar a máquina em baixo d’água em profundidades de até 100 pés. O equipamento faz conexão direta em uma impressora Canon Card Photo ou em uma Impressora Bubble Jet Direct Photo através do conector multi-use USB. As câmeras suportam Protocolo de Transferência de Figura (PTP) para conexões sem driver leitor de cartão com sistemas operacionais Windows XP e Mac OS X. Cartões de Compact Flash. Aceita cartões de memória de até 1GB e custa US$649,95.

Cartões de memória
• Canon - FC-256M 256MB
CompactFlash (type I) Memory Card -
preço: US$ $ 189.95
• Nikon
CF Tipo 1 de 128MB: R$ 435,00
CF Tipo 1 de 256MB: R$ 1.455,00
CF Tipo 1 de 512MB: R$ 3.740,00
• General Brand - 340MB PC-Card (type III) Hard Drive Card - preço: US$ 549.95
• Lexar - 2GB 40x JumpShot CompactFlash Card com Write Acceleration (WA) Technology
preço: US$ 599.95
• Sony - 1GB Memory Stick Pro Media
preço: US$ 449.95
• Sony - 512MB Memory Stick Pro Media
preço: US$ 239,95
• Sandisk - 1GB Ultra CompactFlash (Type I)
preço: US$ 299,95

 
 
Clique abaixo para ver a foto na intergra
Clique abaixo para ver a foto na intergra
Clique abaixo para ver a foto na intergra
Clique abaixo para ver a foto na intergra

 

 
Paparazzi - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Desenvolvido por